Tekie
By iTech



iDrive

14/05/2015
 

Classe A: á segunda é de vez

A Mercedes não arrisca sem a lição bem estudada. A ideia era criar um automóvel para o segmento C, o mais vendido no mercado europeu e queria repetir o sucesso do Classe C, que uma década antes foi considerado um lançmento arriscado e revelou-se um sucesso.

A equipa de desenvolvimento optou por uma carroçaria monovolume, um tipo de carroçaria que estava a despertar itneresse dos consumidores e por consequência, dos construtores. Portanto, para causar impacto e diferenciação, optou por esta carroçaria, para espanto de muitos.

Como referimos, a Mercedes não brinca em serviço e devido ao tipo de carroçaria em causa, alta e estreita, a Mercedes optou por desenvolver ESP, tão em voga hoje em dia. Pois em testes por uma publicação Sueca revelou tendências para destabilizar a trajectóiria e provocar eventuais acidentes. A Mercedes chamou à oficina todos os carros vendidos e suspendeu a venda de novos durante 3 meses. Foi uma atitude inédita na industria e que granjou ainda mais boa reputação à Mercedes.

Para os mais tradicionalistas, no entanto, o Classe A ainda é considerado produto à parte. Não só pelo estilo escolhido, mas igualmente por ser o primeiro Mercedes com tracção à frente. Não obstante em 7 anos ter vendido quase 1,3 milhões de exemplares. Em 2004 sucede-se a segunda geração, ainda com carroçaria monovolume e com o mercado a optar por outro tipo de carroçarias, vendeu menos exemplares, pouco mais de 700 mil.

Estes números fizeram a Mercedes repensar a sua estratégia, principalmente porque a Audi tinha optado um ano antes do lançamento da primeira geração do Classe A, por uma carroçaria mais tradicional e a BMW também seguiu esse caminho em 2004, com o Série 1. Por isso a Mercedes decidiu reiventar o seu “Baby Benz” e em 2012 lançou a terceira geração, com um tradicional desenhou hatch back.

Isto fazia tudo o sentido, porque em 2005 tinha lançado o Classe B, também ele monovolume. Em 2014 o Classe A e todos os derivados (GLA e CLA) representam em Portugal quase metade das vendas da Merces e nunca na sua história a Mercedes vendeu tantos carros. Não só, mas também por culpa do “Bay Benz”.

Em termos dinâmicos conduzimos o 180 CDI, um motor cedido pela Renault e exaustivamente trabalhado pela Mercedes. Na Mercedes mantém os 110 cv, mas parece-nos que melhor aproveitados que pela casa francesa.

Dinamicamente esta tipo de carroçaria só tem a ganhar e assenta que nem uma luva. Foi a opção acertada na altura acertada. Só nos faz pensar se não teria sido boa ideia utilizar esta carroçaria logo em 2004. Na altura o mercado ainda estava receptivo a monovolumes e a BMW tinha acabado de apresentar o série 1.



About the Author

Edmar Rodrigues
Sou jornalista de Ti desde 1999. Tendo passado por publicações como ComputerWorld e Bit e pelos sites www.itnews.com.pt de 2002 a 2006 e www.i-tech.com.pt de 2010 a 2014. Actualmente faço a gestão do Tekie e do www.idrive.pt



 
 

 

PORTO EDITORA E SAMSUNG ASSINAM PARCERIA PARA IMPULSIONAR O DIGITAL NA EDUCAÇÃO

A Porto Editora e a Samsung assinaram terça-feira, dia 7 de novembro, uma parceria que tem como principal objetivo impulsionar a utilização do digital na educação. Para tal, a maior editora portuguesa e uma das maiores emp...
by Edmar Rodrigues
 

 
 

“Descubra” é a melhor APP para o turismo

A APP “Descubra” foi reconhecida pela ACEPI – Associação da Economia Digital – com o Prémio Melhor APP de Turismo Nacional, na edição de 2017 dos Prémios Navegantes XXI. O download é gratuito! Com uma interface d...
by Edmar Rodrigues
 

 
 

A HP Anuncia a Workstation Destacável mais Poderosa do Mundo

A HP apresenta a Workstation  destacável mais poderosa do mundo, concebida para responder às necessidades de desempenho e mobilidade de artistas, designers e profissionais de imagens digitais, que precisam de utilizar o Adob...
by Edmar Rodrigues
 

 

 

Puro apresenta novo adaptador multiportas Type-C

A Puro, representada em Portugal pela Projecto Visual, reforçou a sua gama de carregadores com o lançamento do adaptador Type-C HUB 6-em-1, compatível com a maioria dos dispositivos USB-C, e que permite adaptar vários tipos...
by Edmar Rodrigues
 

 
 

Huawei Mate 10: a verdadeira inteligência para o melhor desempenho de smartphone

Alimentado por Inteligência Artificial, o HUAWEI Mate 10 Pro é o smartphone mais poderoso do mundo. Entende os comportamentos dos utilizadores e gere de forma dinâmica e inteligente os recursos móveis, atendendo a todos os ...
by Edmar Rodrigues
 

 




 
%d bloggers like this: